RESENHA LIVRO: "AMOR ESPECIAL", E. L. WOODS



Onde comprar:

Sinopse:

Viúvo há três anos, Josh ainda não concebia a ideia de se casar novamente, mas sabia que teria de fazê-lo, se não quisesse deixar sua fortuna nas mãos de parentes distantes.

Apesar de ter amado a esposa infinitamente, era hora de recomeçar. Mas os lugares por onde andou não lhe deram nenhuma convicção de que existia uma pessoa certa para ele. Até parece que tinha vivido para amar tão somente Caroline. Depois de uma última tentativa para encontrar alguém que ocupasse o lugar dela, num desses bailes londrinos, o vazio apenas aumentou. Josh percebeu que tinha de fugir dali para adquirir a paz de que necessitava, antes de encontrar uma mulher a qual lhe desse um herdeiro. O destino o leva a Derbyshire, onde conhece e se apaixona pela família Donovan. É nessa família que sua prima Julie começa a despertar o seu coração para, quem sabe, nascer o sublime e tão esperado segundo amor. Mas um terrível segredo do passado pode destruir a esperança de felicidade que ele tanto almejou e que pensava estar próximo de alcançar.

Amor Especial é o segundo livro da trilogia sobre viúvos escrita pela autora. Esse romance descreve de uma forma sutil e emocionante a delicada transição do primeiro para o segundo amor.


Resenha:

Neste livro vamos conhecer a história de Josh, um personagem que gostei muito em suas participações no primeiro livro. Ele é amigo de Andrew e teve muita importância em sua vida afetiva mesmo não estando em seus melhores momentos. Josh perdeu sua esposa para uma terrível doença que levou a óbito, após o ocorrido ele saiu pelo mundo na tentativa de amenizar sua dor, Caroline foi a mulher de sua vida. 

Três anos depois ele retorna para sua propriedade em Londres e ao chegar ficou sabendo da morte de um tio, irmão de seu pai, e havia herdado as terras dele em Derbyshire, interior da Inglaterra. Recebeu também uma carta onde o tio pedia que ele cuidasse de sua esposa e duas filhas durante seis meses e ser tutor de Julie para aprovar o casamento quando aparecer pretendentes, pois ela já tinha completado 18 anos. E depois disso ele poderia tomar posse da herança e as mudassem para uma pequena propriedade, apenas para não ficarem desamparadas.

Josh ficou surpreso com a notícia e se deu conta de que já havia passado dois meses da morte do tio, restando apenas quatro para ir cuidar da sia e das primas como lhe foi pedido. Chegando lá foi muito bem recebido pela tia Rachel e as primas Julie e Kate de apenas 14 anos. Quando Josh viu Julie experimentou a mesma sensação de quando conheceu Caroline, só que mais intensa, naquele momentos sentiu algo que há três anos não sentia, mas não poderia deixar se levar por essas emoções, afinal, estava ali para cuidar dela e não para cortejá-la. Acreditava também que essa convivência pudesse ajudá-lo a superar suas dores.


Não seria tarefa fácil olhar para Julie naquela manhã, pois Josh sentia-se completamente aturdido pelas sensações desencadeadas na véspera em seu corpo.


Após conhecer toda a propriedade tratou de cuidar de tudo para o bem de todos e não tinha intenção de tomar posse daquele lugar, já possuía muitas riquezas, riria organizar as coisas e deixar com a tia. Tornou-se muito amigo de Julie, ela era doce, inocente e dialogava de maneira inteligente que deixava Josh admirado. E essa admiração foi além do que ele previa, em vários momentos quando estavam às sós trocavam beijos proibidos.

Julie tinha sido pedida em casamento por Arnold, um amigo de infância que sentia imenso carinho, mas não amor. Ela não queria magoá-lo recusando o pedido, mas se aceitasse seria infeliz, pois amava o primo. Quando decidiu que iria viver o amor, ficou sabendo de algo que mudaria sua vida drasticamente. Um segredo que a mãe guardou durante anos e só agora resolveu contar, interferiu na decisão de Julie e para tentar esquecer esse amor que sentia pelo primo, resolveu casar-se com Arnold. Josh ficou arrasado e voltou para Londres, teve uma recaída por perder a mulher que amava pela segunda vez, entregou-se à bebida e à solidão. 

Os próximos acontecimentos giram em função desse segredo que não posso contar aqui, mas foi algo que me surpreendeu, me deixou com o coração apertado, mas amei a forma como tudo foi se encaixando. Outra coisa que gostei muito foi a presença de Melise e Andrew na história, a autora os colocou como pontos importantes para a resolução dos problemas de Josh e Julie, assim como Josh foi fundamental para Andrew, uma reciprocidade muito bonita de se ver. Achei bem interessante e fiquei bem satisfeita com o enredo. Estou ansiosa para ler o próximo e já amei saber sobre qual casal irá abordar, que também não posso contar porque para uni-los depende do tal segredo.





RESENHA LIVRO: "PASSADOS REVELADOS", FERNANDA CALEFFI

A resenha de hoje é do segundo livro da autora parceira Fernanda Caleffi. O primeiro livro foi Futuros Roubados e já tem resenha aqui no blog.



Após o terrível acidente Anne tentava seguir sua vida da melhor maneira possível, continuou trabalhando no escritório de Arquitetura, casou-se com Bruce e aguardava ansiosa as férias de Lisa para que pudesse vê-la. O grande segredo que tentou guardar veio à tona e foi uma grande vergonha diante de seus familiares. Apenas quem não sabia da verdade era Lisa, sabia apenas que era filha de Erick e Claire, e Anne era sua tia, mas desde a morte de Claire a assumiu como filha e em seus primeiros anos de vida morou com Anne em Warren e depois mudou-se para Londres para morar com o pai e a avó.

Lisa já completara seus 15 anos e passou a se interessar pela falecida mãe, queria saber um pouco mais sobre o acidente também, mas ninguém estava disposto a contar. Essa atitude de seus familiares fez com que ela tivesse a sensação de que estavam escondendo algo e decidiu investigar sozinha.

Nesse segundo livro a autora contou como está sendo a vida de Lisa, a relação com as duas famílias, os momentos de rebeldia da adolescência e a tentativa de descobrir o passado da mãe. Há alguns segredos que são descobertos ao longo da narrativa definindo o destino de cada personagem. Não posso contar os segredos para não dar spoiler e nem contar como cada um vai ficar, mas posso adiantar que é surpreendente. Depois de algum tempo Lisa vai descobrir a verdade e ao invés de confrontar os familiares vai fazendo algo diferente para mostrar que já sabe de tudo e chocar a todos, inclusive o leitor.

Desde que descobriu a primeira pista de que algo estava muito errado, Lisa enfrentou um período muito complicado, cheio de ansiedade, mágoa, tristeza e raiva.

ATITUDES SIMPLES QUE PODEM DEIXAR O SEU DIA MAIS FELIZ



1. Acordar mais cedo para ver o nascer do sol:

É algo revigorante, o deixa com mais energia para passar o dia animado.

2. Ser gentil com as pessoas: 

É sempre bombom  um bom dia, um obrigada.

3. Elogiar alguém

Fazer com que as pessoas se sintam bem e felizes o faz ficar mais realizado do que imagina.

4. Ajudar um senhor atravessar a rua


Além de educação é um ato singelo que gera uma alegria imensa, o faz sentir útil.


5. Aguçar os sentidos:

Essa é uma atitude que faço com frequência, que é assim: ao sentir o cheio de pão fresquinho quando passo na porta de uma padaria, cheiro com vontade até sentir aquela sensação boa. Quando ouço alguém cantando uma música linda, fecho os olhos e ouço como se não houvesse mais nada ao meu redor. Faço as refeições sentindo o sabor prazerosamente. Olho tudo em volta com cuidado para observar todos os detalhes.

6. Abraçar o máximo de pessoas que conseguir: 

Um abraço pode curar tantas coisas que só quem pratica diariamente esse ato consegue entender.

7. No fim do dia faça um resumo de como ele foi:

É tipo uma prestação de contas para ver o quão prazeroso foi realizar todas as atitudes. 

8. Respire fundo e lembre de algo bom quando alguém tentar te irritar

A maioria das pessoas têm dias estressantes devido a outras que fazem questão de fazê-los assim, mas devemos ter o controle da situação e das nossas emoções.

9. Surpreenda alguém 

Faça aquilo que gostaria que fizessem com você, a sensação é muito maravilhosa.

10. Faça algo fora da rotina:

Vá almoçar em um restaurante que gosta seja sozinha ou acompanhada

QUOTES LIVRO: "A COLINA ESMERALDA" SIDNEI COELHO



O milagre da vida é justamente os mistérios que nos cercam. Quando nos aprofundamos muito para tentar descobrir o que seremos ou faremos, o mistério deixa de existir e dá lugar à apreensão. O ser humano não sabe viver com ansiedade. Saber esperar é uma virtude pouco usada.

O maior tesouro que existe está ao alcance de todos, porém, poucos se dão conta disso. O que você procura não está longe de você, mas haverá momentos em que perderá a esperança. 

Não desista do seu sonho, quando tudo parecer impossível, feche os olhos e renove as esperanças. Você será feliz por todo o sempre. 

A vida nunca é tão simples como achamos que deveria ser. Seria fácil demais se tudo se resolvesse com um estalar de dedos. 

Muitos desiste ao longo da jornada, chegam a creditar que tudo foi em vão. Mesmo assim as coisas acontecem. Os milagres existem e mudam a vida daqueles que acreditam e também dos que perderam a fé. O mistério da vida é justamente esse, e é feliz aquele que continua tentando.


RESENHA LIVRO: "MAIS QUE UMA ESCOLHA", BRUNA LONGOBUGGO



Título: Mais Que Uma Escolha
Nº de Páginas: 221
Ano de Lançamento: 2016
Editora: Indepentende
Onde Comprar: Amazon


Sinopse:


Mais que uma escolha é um romance envolvente e cheio de conflitos. Uma história de desencontros, suspense e paixão. 
Sara é filha de pais separados. A mãe, Maria, é uma mulher ambiciosa e sem escrúpulos. Seu pai, Almir, é um fazendeiro rico e tacanho. Não consegue lidar com a filha e a associa à ex-mulher, por quem sente profunda mágoa, o que forma um abismo entre eles. Por imposição da mãe, Sara de repente é forçada a largar a faculdade e a cidade onde vive para passar um tempo na fazenda do pai. E lá ela se envolve com Caio, o jovem administrador das terras com quem Almir tem uma forte ligação. Antes que a razão possa se manifestar, nasce ali um amor forte e incontrolável. Porém, uma série de enganos e contratempos acaba por separar o casal. O tempo passa. Sara se torna uma profissional realizada, tem um filho de 5 anos e muitas contas para acertar com o pai e o ex-marido. Quando conclui sua Residência em Medicina Veterinária ela decide que chegou a hora de enfrentar o passado e sua volta intempestiva vai surpreender a todos que vivem na Fazenda Fivela de Ouro. O que ela não sabe é que ainda existe alguém capaz de tudo para impedir que ela se aproxime de Caio.


Resenha:

Sara é filha de pais separados. Seu pai, Almir, é dono da Fazenda Fivela de Ouro, localizada no interior de Minas Gerais. Sua mãe, Maria, é uma mulher metida que vive à procura de marido rico. Sara morava com a mãe na capital, mas nas férias ia ficar com o pai, coisa que ela odiava fazer, pois não gostava do pai, eles viviam brigando. Isso se deve ao fato da separação onde sua mãe sempre fez questão de apontar os defeitos do pai fazendo com que a jovem não tivesse uma imagem muito boa dele e o mesmo acontecia com Almir, sempre que olhava para a filha, via apenas o reflexo de sua ex mulher.

Quando tinha 14 anos Sara foi passar as férias na fazenda, mas a discussão com o pai foi tão grande que ela foi embora jurando nunca mais voltar. Mas seu desejo não foi bem sucedido. Quatro anos depois sua mãe foi pra um cruzeiro ainda em busca de um marido rico e vendeu a casa e todos os bens, deixando Sara sem muitas opções, restou apenas trancar a faculdade de Medicina Veterinária e se mudar pra Fivela de Ouro.


Mergulhar no mundo interior foi sempre uma alternativa para encontrar seu próprio espaço e fugir da angústia constante que sentia desde pequena.

Chegando lá não foi muito bem recebida, os dois só falavam o necessário. Para passar o tempo ela andava pela redondeza e pintava seus quadros, até que conheceu Caio, um jovem peão que trabalhava como administrador da fazenda. Era apenas três anos mais velhos que ela, um rapaz bonito e simpático. Logo ficaram amigos, Caio estava acostumado a domar feras e lidar com Sara não foi tão difícil pra ele. Dessa amizade começaram um romance, algo que não agradou Almir quando ficou sabendo pelas más línguas. A Fivela de Ouro não era habitada apenas por pessoas amáveis, mas havia pessoas más que iriam fazer de tudo para separar o mais novo casal.

Quando viu que não tinha jeito, Almir decidiu aceitar o relacionamento. Sara e Caio se casaram e tiveram muitos dias alegres. A relação entre pai e filha ainda não era das melhores, mas tinha melhorado bastante. As pessoas que queriam separá-los entraram em ação e conseguiram o que tanto queriam. Sara caiu na armadilha e foi embora da fazenda carregando um filho no ventre.


Sara entendeu que gostava dele, gostava demais, a ponto de não raciocinar quando estavam lado a lado; a ponto de não esquecê-lo quando estavam separados; a ponto de fazer qualquer loucura...

Cinco anos depois ela volta com o filho pra acertar as contas com o pai e com o ex-marido. Quer colocar um ponto final no passado que insistiu em perturbá-la durante todos esses anos. Mentiras serão descobertas, segredos virão à tona e são páginas e mais páginas de pura emoção.

Uma história muito bem escrita, com personagens marcantes e todos muito importantes para o desenrolar dos fatos. É uma leitura que prende do início ao fim, não ficou nenhum ponto solto, está tudo interligado perfeitamente. Achei Sara um tanto imatura no início, devido às suas atitudes, ela aparece em três fases diferentes de sua vida e em todas elas se mostra impulsiva, mas foi algo que não me fez odiá-la, pois no decorrer da história percebi que esse jeito dela é devido a maneira que foi criada. Ela presenciou muitas brigas fazendo com que crescesse insegura. E em outro ponto da narrativa vai abordar o amadurecimento dela, com atitudes mais sensatas que me fez admirá-la.

De vez em quando, a vida faz a gente engolir uns nós. E por causa de uma sutileza social esses mesmos nós ficam atravessados na nossa garganta um tempão.

RESENHA LIVRO: "ACIMA DE TUDO", VÂNIA LARA


Sinopse:

Ao se deparar com sua vida destruída, Evelyn Matias se encontra preparada para recomeçar sua história longe de tudo o que a fizera sofrer. Sem saber como tomar tal atitude, aceita o convite de uma amiga de longa data e acaba se mudando da Capital para uma cidade do interior. Sente que tudo mudou, especialmente a forma como vê o mundo. Com uma nova casa, nova carreira, nova rotina e novos amigos, sabe que precisa se esforçar para superar as marcas de seu passado, por mais difícil que isso possa parecer. Acredita que nunca mais conseguirá preencher o enorme vazio deixado em seu peito, resultado daquele amor que possuía e, bruscamente, perdera. Sua vida será virada de cabeça para baixo por uma possível paixão. Será Evelyn capaz de sobreviver às reviravoltas que a aguardam na nova cidade? Conseguirá enfrentar as dificuldades que surgirão em decorrência de seu passado trágico? Em meio às confusões pessoais, se responsabilizará por ajudar outras garotas que se sentem devastadas e injustiçadas. Mas e quanto às injustiças em sua vida e seus próprios pesadelos? Evelyn precisará decidir se deseja recomeçar a viver e descobrir novos caminhos para a felicidade, ou se nunca se libertará da dor e da saudade.

Resenha:


Evelyn está tentando recomeçar sua vida na pequena cidade de Borópolis, ia morar com sua amiga Laura e o noivo dela. Só que não foi muito bem recebida, ao chegar foi até um barzinho tomar um suco e já recebeu cantada de um cara que por sinal era o garanhão do lugar. Ao chegar na casa e sua amiga, descobre que o idiota que encontrou no bar se chama Jim e é primo de Romeu, noivo de Laura e pra piorar a situação eles vão morar no mesmo apartamento e dividir o quarto - sorte não ser a mesma cama. 

Evelyn ficou furiosa mas aceitou até encontrar outro lugar pra ficar. Logo iria começar a trabalhar como professora na mesma escola que os amigos trabalhavam. Tirando esse estresse que ela teve ao chegar, estava gostando muito da cidade, era calma e pacata, do jeito que esperava e precisava pra esquecer seu passado conturbado e começar um novo capítulo de sua história. Mas não importa o quão longe uma pessoa vá fisicamente para tentar fugir dos problemas, onde quer que você esteja eles vão achar um jeito de te encontrar. E não foi diferente com Evelyn, todas as noites ela tinha terríveis pesadelos e acordava aos prantos deixando todos preocupados.

Jim era o único que não sabia o que de fato tinha acontecido na vida dela para ter causado tantos traumas, mas ela se recusava a contar, e mesmo assim Jim permanecia ao lado dela sempre que acordava chorando. E aos poucos foram se tornando amigos, mas continuavam brigando constantemente. No início o objetivo de Jim ao conhecê-la era levá-la pra cama, ou melhor, pra o sofá, que era onde ele ficava com as garotas. Mas depois que começou a conviver, passou a gostar dela de verdade e queria conquistá-la, até deixou de sair com os amigos, de beber e de pegar as mulheres. Só saía na companhia de Laura, Romeu e Evelyn, tornando-se motivo de piada na cidade. Só que Evelyn mantia-se firme na decisão de não ter relacionamento nem com Jim nem com outro homem.

É uma história emocionante que me deixou impressionada. Evy tem um segredo, isso é óbvio e fiquei o tempo todo querendo saber o que era assim como Jim, mas ela não queria contar e fazia muito frama por qualquer coisa, mas depois que foi revelado meu queixo caiu no chão e meu coração despedaço, realmente não esperava. Fiz várias suposições e não foi nenhuma delas, e a partir daí pude entender os motivos dela agir de tal forma, passei a admirá-la por ter tentado recomeçar da maneira que achou correta, pois grande parte das pessoas nessa situação não fariam o que ela fez.

Essa tentativa de recomeço não foi tão bem sucedida porque ela não colocou um ponto final no problema, ela fugiu dele e isso piorou a situação. Os amigos dela foram de extrema importância nesse estágio de sua vida. Em muitos momentos ela se mostra teimosa agindo com infantilidade, mas ninguém é capaz de julgar quando não se sabe o tamanho da dor que está sentindo. Achei Jim um amor, que não pensou duas vezes em deixar sua antiga vida de lado para se dedicar a ajudar Evelyn a superar suas adversidades. Todas as reviravoltas foram bastante significativas e me agradou muito a maneira como a autora conduziu a história, todos os pontos ficaram encaixados e nada confuso e os personagens são muito cativantes.