RESENHA: LIVRO "QUE MICO!", DIEISON ENGROFF



Sinopse:


Todo mundo tem aqueles parentes que são iguais à segunda-feira; a gente não gosta, mas não tem como escapar deles. Sempre há alguém que fala o que não deve, que faz piada sem graça, ou que paga de abobado nas redes sociais... Essas situações hilárias e que rendem boas risadas a Rô compartilha com você! Ela quase morre de vergonha com cada mico e mancada cometidos por sua família, coitada! Os parentes dela, sem muito esforço, conseguem estourar todos os micômetros do planeta. É tanto mico que provavelmente você irá terminar a leitura com a barriga doendo de tanto rir e dirá: "Ufa! Ainda bem que não foi comigo!"

Um livro de humor, que também aborda questões sérias como consumismo, separação dos pais e o típico constrangimento que muitos adolescentes sentem em relação ao pai e à mãe. É pra pensar e se divertir!

Resenha:


Roberta Fernandes Poeta é uma garota de 14 anos que vive aquele dilema de todo adolescente que é aprender a lidar com os pais e parentes quando a fase de mudança se inicia. Aquela fase onde os hormônios estão à flor da pele e os confrontos em família são constantes por conta da falta de diálogo que dá lugar às brigas e xingamentos. Bem vindo ao mundo dos aborrecentes! Roberta, com quase 15 anos, já recebeu esse título e claro que não gostou nada disso né? Ela acha que é incompreendida e não se considera de fato uma rebelde.

Quando sai da escola ajuda sua mãe a fazer doces. Elas vivem em pé de guerra, motivo? A mãe da Roberta é igual a todas as mães: superprotetora. E isso inclui ser bem indiscreta em certas situações. Nessa idade é normal querer parecer adulta e quando as mães começam a falar das travessuras de infância é pra matar qualquer um de vergonha, mas ela não se toca e acha muito divertido constranger a filha, para ela, Roberta sempre vai ser uma criança, não importa a idade que tenha.

Como toda garota da sua idade, Roberta quer sair para barzinhos, festas de aniversário e passeios no shopping na companhia das amigas e não na cola da mãe o tempo todo. Mas a dona Val usa uma frase que todas as mães usam: "você não é todo mundo". E é o suficiente pra deixar as meninas enfurecidas não é mesmo? Essa é uma fase na qual passamos, aquela em que queremos ser donas do próprio nariz, onde ficamos contando os dias, as horas, os minutos e até segundos para a chegada da tão sonhada independência.


Eu morro de vergonha com cada coisa que acontece. Sem contar que não existe ninguém em nenhum lugar que consiga te deixar mais pirado do que um parente.

Os parentes dela deveriam ganhar um prêmio em pagar mico e a vergonha toda sobra pra quem? Coitada! Não é legal ser motivo de piada na escola com aqueles "coleguinhas" nada simpáticos que estão apenas esperando uma oportunidade de te sacanear. Agora imagine acontecendo todo dia. Sempre que alguém da família de Roberta apronta algo tem que ter plateia e sempre chega nos ouvidos dos zombadores. A maioria dos micos são da própria mãe, que a trata como bebê em qualquer lugar que esteja, inclusive na escola. Ela aparece com cada apelido que a pobre garota fica com vontade de enfiar a cabeça dentro de um buraco e não sair nunca mais.

Dei altas risadas com esse livro, muito divertido mesmo. Me identifiquei muito com a protagonista, em muitas situações da minha adolescência tive vergonha e raiva ao mesmo tempo das inconveniências dos meus queridos parentes. Mas também ligava aquele "tô nem aí" e seguia em frente, se for ficar remoendo tudo que acontece vai ficar paranoica. Tem que deixar passar e esperar o próximo mico kkk.

Você já percebeu como certas coisas que sua mãe fala interferem na ordem do Universo?

Mãe é uma coisa de louco né? Como pode ser o nosso maior amor e nos deixar irritado constantemente? Claro que o único objetivo delas é proteger, mas a maioria não sabe muito bem o que significa a palavra "limites" rsrs. Relembrei muitas conversas com as minhas amigas à respeito de nossas mães, era cada pérola. E ai de quem reclamar, elas sempre vêm com aquela frase: "quando você for mãe vai entender". E a gente responde mentalmente "Deus me livre ser assim quando for mãe" porque se pronunciar essas palavras corremos sérios riscos de levar uma bofetada. Acredito que tenha uma sociedade das mães porque todas elas dizem as mesmas frases ao longo dos anos e no final das contas elas sempre estão certas. Feliz daquele filho que seguir todos os conselhos de suas mães ou corre outro risco que é o de quebrar a cara! Mas como todo adolescente prefere seguir o "fluxo" do que a própria mãe tem mesmo que pagar o preço. Eu fui uma delas e não me arrependo, pois pude cair sozinha e levantar sozinha pra poder reconhecer o valor que minha genitora tem e hoje não faço mais nada quando ela diz "não" kkkk. 

"Quando eu morrer você vai me dar valor". Essa é uma clássica frase usada pelas mães como autodefesa, quando estão sem saída, sem mais argumentos para contestar.


Livro maravilhoso gente, espero que vocês gostem da resenha e leiam.  Ele está disponível na Amazon. Se alguém ainda não passou por essas situações ainda vai passar, é a lei da vida kkk. Dieison parabéns pela obra e muito obrigada mais uma vez por seu carinho comigo e com o blog. Te desejo muito sucesso!

30 comentários:

  1. Oi Monyque, tudo bem? Eu já paguei tanto mico com a minha mãe hahahahahha acho que vou super me identificar com a protagonista tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Monyque, nossa minha mãe me faz pagar cada mico com os meus amigos, você acredita que eles já ficam ansiosos pra minha mãe aparecer porque sabem que ela vai me fazer passar vergonha? Não sei quem é pior minha mãe ou meus amigos kkk. Beijos, adorei a resenha!

    https://escrevendoerabiscando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Rebeca! kkk coitada de você, meus micos foram poucos mas tiveram, logo logo passa, ou não kkk.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Monyque. Li esse livro mês passado e gostei muito da abordagem dele também. Acho legal essas crônicas que mostram a relação entre a família e principalmente pais e filhos; Me diverti muito com a leitura.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  4. Bom dia. Ler é bom, faz bem à alma e alegra o ego. Eu adoro ler.
    .
    * Poetizando a Folia do Carnaval *
    .
    Tenha um Carnaval Feliz

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro, de fato, muito engraçado! Adorei tua resenha.

    Beijos e até a próxima.


    Com carinho, Gaby.

    Reino dos Unicórnios ❤ || Faça-nos uma visita!

    ResponderExcluir
  6. Desconhecia o autor e o livro, mas pareceu-me muito interessante, um livro bem disposto =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar deste livro e parece bem legal, pagamos sempre alguns micos com os parentes.


    Beijo e ótima semana,
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Monyque tudo bem?
    O primeiro período da sinopse já me fez morrer de rir, o que fez eu querer ler muito esse livro, mas ele é um livro mais adolescente e acho que não é muito meu gosto, mas quem sabe um dia eu leio, já anotei a dica!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia e goste bastante, ele fala daquelas situações com nossas mães que todos nós tende a passar kkk
      Beijos

      Excluir
  9. deve ser muito gostoso de ler!

    Ótimo post!
    beijo,
    até a próxima visita!
    >>> http://gilustre.blogspot.com.br/2018/02/decoracao-espelhos.html

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece ótimo! Amo!!
    http://www.nossomosmoda.com/

    ResponderExcluir
  11. Gente, M-O-R-R-I!

    Mas ressuscitei agora mesmo pra dizer que adorei essa resenha. Quanta generosidade! Monyque, obrigado pelas palavras, por esse espaço que você acaba de dar para o meu trabalho. Obrigado mesmo! Um forte abraço a você e toda essa gente, linda de viver, que postou cada comentário sensacional, valeu mesmo galera!

    Um abraço bem apertado e um sorrisão, daqueles todos os dentes, pra vocês.
    Dieison.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço e fico muito feliz que tenha gostado, sempre que precisar estarei por aqui e parabéns por essa obra linda, tudo que escrevi foi sincero :D
      Super beijo!

      Excluir