RESENHA: LIVRO "SE ABRINDO PRA VIDA", ZIBIA GASPARETTO



Sinopse:

Aos trinta e oito anos, Jacira acredita estar prisioneira de uma situação irreversível e sem saída. Assim, ela prefere entrar na depressão, culpar os outros, acreditar que não tem como mudar o destino. Mas, ao contrário do que ela pensa, a vida trabalha em favor do seu progresso, enviando desafios, apertando o cerco e fazendo com que, cansada de sofrer, ela acorde para a realidade, descobrindo potenciais, buscando caminhos e se abrindo pra vida.


Resenha:

Jacira tinha 38 anos e nunca havia namorado, ela se achava feia o suficiente para afastar os homens e sempre tinha sido pobre e odiava a vida que levava. Morava com os pais que viviam se queixando de cansaço deixando todos os afazeres para ela que apesar de chegar tarde do trabalho dava conta de tudo em casa. Ela trabalhava em uma oficina de costura e ganhava o suficiente para os mantimentos e nunca conseguia comprar algo para ela. Todos os dias era um tormento acordar cedo, pegar um ônibus cheio, ter que encarar seu chefe mal humorado e só voltar para casa tarde da noite. Isso se repetia durante anos. Não saía para lugar nenhum e não tinha amigas, pois seu pai fizera o favor de a impedir de usufruir as coisas que a vida tinha a oferecer. Sempre sacrificou sua juventude para atender aos desejos da família sem nunca fazer as coisas como realmente gostaria. Agora se sentia velha o bastante pra correr atrás de algo. Seus pais sempre lhe diziam que sendo pobre deveria conformar-se em ter uma vida dura, difícil e sofrida e assim ela fez.

Nunca pensou em estudar. Vivia triste, sem amor, só trabalhando, envelhecendo sozinha, não dava pra aguentar. Estava no limite de sua resistência. No trabalho nenhuma das mulheres falava com ela por ser muito fechada, mas um dia uma delas, Margarida, chegou junto de Jacira e falou que ela era muito bonita e o modo como se vestia ocultava essa beleza. Jacira evitava se olhar no espelho, mas naquele dia fez diferente e enxergou uma mulher realmente bonita, mas maltratada e com roupas feias o suficiente para lhe fazer parecer bem mais velha e resolveu que mudaria o modelo daquelas roupas, já que não tinha dinheiro para comprar novas.


Você está onde se põe. É a lei da vida. Se você se colocar em um lugar melhor, sua vida mudará e coisas boas começarão a acontecer. A escolha está em suas mãos.


Certo dia, quando estava voltando para casa, esbarrou-se em um homem, Ernesto, e passaram a conversar. Ele dava aulas sobre espiritualidade e a convidou para participar. Depois de frequentar o local algumas vezes sentiu um desejo - antes adormecido, reacender . Estava decidida que daquele dia em diante iria dar uma chance para si mesma e tentaria dar um rumo nessa sua vida. Mas essa decisão é mais difícil do que ela imagina e os obstáculos que aparecerão em seu caminho são imensos, começando por seus pais, que têm um ataque com essa mudança repentina da filha. Por outro lado, os encontros com Ernesto e a amizade com Margarida vão muito bem, eles têm uma ideia muito boa que pode ajudar todos eles a terem uma vida melhor. O que será que eles vão fazer? Será que ainda há esperança ou Jacira deve aceitar viver dessa maneira?

Achando que não poderia se surpreender mais, eis que surge Nelson, um homem muito simpático que demonstrou interesse por ela e esta resolveu dar uma chance para o amor também. Pelo fato de nunca ter tido um namorado não sabe bem como se comportar muito menos definir se realmente ele tem boas intenções e esse romance pode estar com os dias contados.

A vida segue melhorando aos poucos e Jacira conhece Maria Lúcia, uma jovem de apenas 18 anos que é órfã e se disponibiliza para trabalhar na casa de Jacira, ela resolve ajudar a menina. Ela se mostra muito eficiente e sabe lidar muito bem com a ignorante mãe de Jacira. Algum tempo depois começou a notar um comportamento estranho em Maria Lúcia, a menina tinha constantes pesadelos e muitas vezes falava como se fosse outra pessoa. Bastou uma visita à Ernesto e descobriu que a menina era médium e essa descoberta pode ser positiva ou negativa, vai depender de como ela irá reagir e como fará para lidar com isso. Muitas coisas do passado começarão a vir à tona através de Maria e a hora de acertar contas está prestes a chegar. Talvez a maneira que a vida deles foi conduzida tem haver com coisas mal resolvidas no passado e a escolha que deverão tomar decidirá qual caminho irão seguir.

É uma história surpreendente, a maneira que os acontecimentos se encaixaram fizeram bastante sentido. Apesar de não ser muito fã desse gênero resolvi fazer a leitura e achei interessante sem levar em consideração que essas coisas realmente são possíveis, quis apenas desfrutar da história e apreciei bastante a mulher que Jacira é, achei uma leitura muito reflexiva a respeito das decisões que tomamos e como vemos um problema em nossa vida. Às vezes ele não é tão grande como imaginamos mas a maneira que reagimos a ele pode torná-lo gigante. Ter força de vontade e a certeza de que quer vencer é fundamental para dar o primeiro passo.

16 comentários:

  1. Que leitura boa!
    É sempre bom ver que as coisas se resolvem, mesmo que seja na história do livro!
    Beijos!
    jenifercruuz.com

    ResponderExcluir
  2. A resenha parece linda <3 amei!!
    Beijinhos :)

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Hey Monyque!

    Sabe que eu não curto muito o genero mas achei muito bacana o seu ponto de vista???
    Acho que daria uma chance para Jacira, sim!
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que coisa boa Pâm, dê sim uma chance que vai amar :D
      Beijos

      Excluir
  4. Eu já sou bem fã desse tipo de leitura rs Fiquei bem curiosa para ler e saber mais sobre Jacira!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii Monyque

    Eu também não sou muito fã do gênero mas é ótimo quando uma leitura fora da zona de conforto vem e nos surpreende, fico feliz por ti. A capa é linda e a premissa da história toda parece ser bem legal mesmo.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa, parece ser um livro incrível de se ler, uma grande historia de reviravolta, adoro esse tipo de livro! já está na minha listinha para ler.
    http://www.mundodasmulheresbrasil.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Monyque, tudo bem?
    Apesar de já terem me indicado a leitura da Zibia, não gosto muito do gênero e estou adiando ler algum livro dela. Acho bacana diversificar a leitura e gostei de saber mais sobre o livro.. às vezes vamos nos afundando e nos acomodamos numa zona de autocomiseração que precisa de uma ajuda pra "sacudir a poeira" e encarar a beleza da vida novamente.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, por isso que essa leitura me agradou tanto, pelas lições que aprendi. Quem sabe em algum momento dê uma chance para pelo menos esse livro de Zibia :D
      Beijos

      Excluir
  8. Oi Monique.

    Eu não conhecia essa obra, mas ao ler sua resenha fiquei muito interessado. Irei pesquisar mais sobre a autora também.

    Gustavo Barbera

    http://www.leituraenigmatica.com

    ResponderExcluir