ENTREVISTA: ESCRITORA ANDREA RANGEL



Sobre a autora:

Jornalista carioca, de 36 anos, que ama Philip Roth e Jonathan Franzen. Já escreveu para jornal e site, mas passou a maior parte de sua carreira produzindo em jornal e site, mas passou a maior parte de sua carreira produzindo histórias feitas, como produtora de TV. Hoje, trabalha em programa social de ressignificação das bibliotecas públicas do país e tenta produzir suas próprias histórias.


Entrevista:


1. A partir de que ideia resolveu criar essa história?

R: Durante quatro temporadas, trabalhei como produtora do programa Globo Ciência, quando frequentei laboratórios e conversei com pesquisadores de diferentes linhas de pesquisa. Em comum, esses pesquisadores possuem a mesma obstinação e visão apurada para acompanhar nos processos biológicos. Mas um episódio específico me despertou para o tema: uma entrevista realizada com um pesquisador da Fiocruz, que começou a chorar ao discorrer sobre seu trabalho e os frutos de sua pesquisa.

Negligenciados pelas esferas públicas. Malária, tema da pesquisa de Romeo, não chega a ser uma preocupação para as esferas de poder público.

2. Sempre quis ser escritora?

R: Não mesmo. Nunca pensei em virar escritora. O livro foi fruto de uma oficina da Carola Saavedra, na Estação das Letras. As oficinas literárias são o melhor caminho para jovens que desejam produzir e publicar um livro.

3. Quais foram seus maiores desafios?

R: O maior desafio está relacionado à publicação. É bem complicado esse processo de publicar. Recebi várias respostas negativas ao longo de 4 anos. Por sorte, encontrei a Motor Editorial, uma aceleradora de livros, voltada para jovens autores. Depois de ser selecionada pelo editor, é preciso vender uma quantidade específica de livros na pré-venda, para ter sua obra publicada em formato físico. Abracei o desafio e consegui materializar o livro, que hoje é vendido pelo site da editora.

4. O que deseja despertar nas pessoas ao ler Parasito?

R: Essa pergunta é bem difícil. Quero apenas que embarquem na viagem atemporal dos personagens, esquecendo por algumas horas os ponteiros que definem o tempo da gente.


Sobre a Obra:


Romeo, um cientista dedicado ao estudo da malária, entra em crise e começa a desfazer as mentiras da relação familiar, incluindo a da mulher que o trai, da filha suicida e do filho que não é seu. A sua origem também é nebulosa, e passa a ser desvelada no decorrer do livro: criado por uma tia-mãe, retoma aos poucos o contato com sua mãe biológica e o fantasma de seu pai. Diante das perguntas sem respostas a que é constantemente submetido, acaba se confrontando com a dimensão microscópica do homem. Há quem enlouqueça e há quem siga em frente, resignado. E há também aqueles que, como Romeo, ficam no meio do caminho, entre o surto e a vontade de seguir adiante.

Para ler a resenha clique AQUI

Para adquirir o livro clique AQUI

28 comentários:

  1. Ela tem o nome da minha mãe! :D
    Achei bem legal essa entrevista e o livro deve ser bem impactante!

    Um beijo
    Jéssica Andrews Blog

    ResponderExcluir
  2. Por vezes é preciso ter outras profissões até se descobrir aquilo que realmente gostamos de fazer.
    Xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  3. Lovely interview and plot story!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei a história e concordo mesmo!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a publicação. Parabéns :))

    Bjos
    Votos de um óptimo fim de tarde.


    ResponderExcluir
  6. Bem interessante a entrevista e a resenha do livro.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Gostei de ler
    Bjs

    Hoje em Caminhos Percorridos - ARTE ARTESANAL

    ResponderExcluir
  8. Olha Monyque, muito legal conhecer escritoras assim, tipo, vida real! Adorei conhecer a Andrea e sua obra, suas ideias.

    Muito bom!
    :*

    ResponderExcluir
  9. Gostei da entrevista. O livro parece ótimo.
    Eu já vi vários autores dizendo o quanto é complicado publicar um livro, principalmente o primeiro.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo mesmo o livro, e sim, é bem complicado se publicar.
      Beijos

      Excluir
  10. Que demais essa entrevista! Concordo em tudo que ela disse e hoje em dia se tornar um escritor tem muitas barreiras para quebrar <3

    Amei demais a sinopse do livro e já está na minha listinha de aquisições!

    Beijinhos

    Tham

    http://www.4youbooksmania.com

    ResponderExcluir
  11. Muito legal esta entrevista.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir