RESENHA LIVRO: "AMOR IMPOSSÍVEL", E. L. WOODS

Olá meus amores, a resenha de hoje é um romance de época da autora parceira E. L. Woods, espero que gostem :)




Sinopse:


Melise perdera os pais e o irmão de uma só vez e não havia outra saída a não ser ir embora para sempre, antes que o herdeiro daquele lugar que fora o seu lar durante toda sua vida chegasse. Estava a caminho de Kinsley House, em Hamptonshire, onde seria a preceptora da filha de Andrew Clark, um viúvo que não acreditava no amor genuíno entre um homem e uma mulher. Quando chegou e teve um vislumbre da beleza daquelas terras Melise pensou que poderia ser feliz novamente. Mas não contava se apaixonar pelo lindo patrão. Poderia esconder esse amor daquele que, aos olhos de toda uma sociedade, era proibido para ela e que não tinha a menor intenção de casar novamente?


Resenha:

Melise tinha 21 anos quando perdeu seus pais e seu irmão em um acidente, quem herdara a propriedade em que morava foi um primo e ela teria que sair de lá. Sem ter mais nenhum parente próximo deixou sua cidade e partiu para Kinseley House para trabalhar como preceptora de uma menina de 10 anos. Nunca havia exercido tal função, mas por sorte conseguiu o emprego. O pai da menina viajava muito e precisava de alguém para cuidar dela. Melise ainda estava de luto, mas precisava recomeçar sua vida. Victória era uma criança adorável e elas logo se tornaram amigas.

O pai de Melise sempre foi contra as normas da sociedade e a deixava livre para aprender muitas coisas, então ela tinha muitas habilidades, sabia tocar piano, falar outras línguas, jogar, costurar, dentre outros. Tudo que sabia tentava ensinar a Victória, pois havia tido o consentimento do pai dela, Andrew Clarck, um viúvo de 33 anos que não acreditava no amor. Casou-se com a mãe de sua filha muito novo para manter as aparências, mas não a amava. Kaitlin morreu ao dar a luz e desde então Andrew não quis casar novamente, não tinha intenção de manter nenhum vínculo afetivo.


Não se sinta culpado. Afinal, o senhor não fez nada que eu não tivesse permitido, como sempre acontece, aliás. - Melise pág. 115

Já Melise, acreditava no sentimento e decidiu que só casaria na presença dele e se houvesse reciprocidade, mas na posição de preceptora seria difícil arranjar um amor - ou não. Ao retornar da viagem Andrew deparou-se com aquela linda mulher que despertou os sentidos que há anos estavam adormecidos, encantou-se pela preceptora da filha e surpreendeu-se com seus diversos talentos. Melise ficou igualmente encantava com o patrão e ficava desconcertada sempre que estava na presença dele.

Victória estava cada vez mais apegada a Melise e insistia em chamá-la de mãe. Era uma criança muito esperta e sentiu o clima entre o pai e a amiga e fazia de tudo para aproximar os dois usando suas artimanhas. Mas desconhecia o fato deles já terem se envolvido e Melise ter planejado ir embora, pois Andrew a pediu em casamento por acreditar que havia manchado sua honra, mas ela recusou porque achava que ele não nutria por ela os mesmos sentimentos que ela tinha por ele e jamais se casaria para amar sozinha. Só que Andrew também a amava, mas era tão orgulhoso que não conseguia admitir nem pra si mesmo quando mais pra Melise.

A realidade mostra-nos que a vida apresenta-se como é, e não como a gente quer. Muito menos como a gente sonha. - Melise pág. 188

Ele corre o risco de perder seu amor por medo de assumir o que está sentindo. Seu melhor amigo Josh tenta de todas as maneiras convencê-lo a mudar de ideia, mas este encontra-se irredutível. Terão alguns acontecimentos que colocarão Andrew "na parede" e ele precisa fazer uma escolha, e independente da decisão terão consequências e ele precisa estar disposto a aceitá-las.

Uma história linda e envolvente. Melise é uma menina inocente em alguns aspectos, mas com atitudes de mulher madura que sabe o que quer. A determinação dela e admirável, mas também é muito teimosa e precisará sofrer para mudar algumas atitudes. Victória é uma fofura e me apaixonei por ela. Andrew é um cabeça dura que prefere sofrer calado ao invés de abrir o coração e ser feliz, mas me fez gostar dele o fato de ser cuidadoso e mesmo fazendo tudo errado a intenção é a melhor possível, guardando o amor que sente por acreditar que está deixando-a livre e isso é muito bonito da parte dele. Tem Josh também que me encantou muito com seu jeito de ser, também ficou viúvo mas casou-se por amor e falava sempre sobre o sentimento para o amigo.




29 comentários:

  1. Oi Monyque, tudo bem? Eu sou fã de romances de época, sempre tenho a leitura de um deles no mês, mas ainda não li um escrito por autor/a brasileiro/a e achei a premissa dessa história fascinante.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que gosta do gênero te indico este, é maravilhoso :D
      Beijos

      Excluir
  2. both books seem interesting. It's been a while since I read a romance novel.
    https://modaodaradosti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Great post, dear! Looks awesome!
    Hugs ♥

    ResponderExcluir
  4. Que máximo! Quero ler esses livros também.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse autor, mas o livro parece ser muito bom pela sua resenha! Vou coloca-lo na minha lista, para qualquer dia ler!
    Um beijo grande e muito GORDO
    https://thaissgalbiero.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a publicação :))

    Do nosso amigo, Gil António, com: Amor Fogueado em Chama

    Bjos
    Votos de uma abençoada noite :))

    ResponderExcluir
  7. Gosto dos romances de época para fazer comparações com o tempo atual.
    Parece um bom livro.
    Beijinhos!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  8. Achei as capas muito lindas, amo romances de época.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não tenho queda, tenho um tombo por romances de época, Lisa Kleypas que me viciou. Mas tenho dado uma parada de leituras do gênero. Gostei da sua resenha!

    www.coisasdepriscila.com
    Instagram l Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só rsrsr que coisa boa, espero que leia esse :)
      Beijos

      Excluir
  10. Que lindo!
    Esses parecem ser romances de época bem singelos e com personagens delicados... Já me apaixonei <3


    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  11. Oi Monyque.
    Eu não conhecia o livro e nem a autora, mas gostei da sinopse e sua resenha me deu a ideia de uma história bem romântica e linda. Como amo romances de época já anotei a dica.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sem dúvidas uma história linda Lia, vale super à pena ler :D
      Beijos

      Excluir
  12. oii! quase não leio romance de época, tenho vários na minha lista ,as sempre vou deixando pra depois!
    esse titulo não conhecia mas parece ser um prato cheio pra quem curte!
    beijinhos!
    https://adeliadanielablog.blogspot.com/2018/10/sra-poe-lynn-cullen.html]
    insta: @adeliadaniela

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro livros como esse. Amei a sua dica.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, gosto de livros desses gêneros que envolve em cada pagina.
    Beijos, boa semana
    www.bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. This prodcuts Produced in South Korea ,but most of the peoples knew htat Hongkong is shopping heaven ,Jewelry ,watches ,skin care product etc for your choices:haircuts

    hairstyles

    Luxury Jewerly

    Personality design

    ResponderExcluir