APAIXONADO PELO MUNDO DAS IDEIAS


Ficção * Editora Saraiva * Augusto Cury * 296 páginas * 5 🌟 * Onde comprar: Amazon 

Sinopse:

Quando as fontes de água secaram, as terras tornaram-se inférteis e a violência tomou conta do planeta, a catástrofe aconteceu. E agora, cem anos depois, o mundo aos poucos está se reestruturando, e novos povos começam a surgir. O Reino de Cosmus, liderado com mãos de ferro pelo poderoso rei Apolo, se destacou e se tornou um grande império. Com a ajuda de seus conselheiros, entre eles Terrivius, Demétrius e Cômodus, e do sumo sábio Superius, Apolo prega que o conhecimento foi o responsável pela destruição do mundo e, por isso, proíbe o uso da tecnologia e de qualquer tipo de educação: dos livros às escolas. Porém, apesar de todo o seu poder, Apolo não consegue controlar um de seus filhos, o príncipe Petrus, que, ao contrário do irmão gêmeo Lexus, não está interessado no poder e nos treinamentos para batalha. Petrus é apaixonado por aprender. Educado pelo sábio Malthus para ser um líder justo e generoso, Petrus é visto pelo pai como um rebelde e sofre as consequências por ser uma mente livre. Condenado a usar a Máscara da Humilhação, utilizada para castigar os maiores criminosos do reino, o jovem príncipe precisa sobreviver para realizar sua grande missão, que poderá mudar os rumos da História. E, para isso, contará com uma ajuda nada convencional.
Petrus Logus se rebela e passa a criticar as decisões do pai e, com isso, assina sua sentença de morte. O mais corajoso e inteligente príncipe se vê diante do maior desafio de sua vida: sobreviver para libertar o reino e reencontrar aqueles que ama. E, em meio a isso tudo, Petrus ainda conhece uma fera que pode tanto destruí-lo quanto salvá-lo.

Resenha:

Petrus era inteligente, esperto, atrevido e curioso. Com apenas 13 anos tinha um espírito questionador. Já seu irmão gêmeo Lexus era o oposto, um garoto que sonhava com o poder e herdar o trono. Eles eram filhos do rei Apolo, que dominava o Palácio de Cosmus onde morava e mais trinta entre reinos, ducados e povos. Desde que expulsou a rainha Ellen, mãe dos meninos, ele ficara responsável pelo bem estar dos filhos. Petrus era educado por Malthus, o mestre da região que possuía muitos conhecimentos, e só ficou no reino à pedido da rainha. Já Lexus era treinado pelos conselheiros do rei para assumir o trono e dominar o reino com a mão de ferro. Ele era muito habilidoso e sedento pelo poder. Deixava o pai muito contente.


Malthus não podia dizer grandes coisas ao menino por estarem sob vigilância dos guardas, mas Petrus por ser curioso, desejava frequentar a biblioteca do reino, mas ela estava trancada há muito tempo e a entrada proibida, pois era tempo de exclusão social e de muita corrupção, então o rei tentava impedir que o conhecimento chegasse até aquelas pessoas para que vivessem manipuladas por ele. Há muito tempo ninguém tinha acesso e para que não houvesse protestos, Apolo tratou de espalhar que ela era mal assombrada. E caso alguém descumprisse a ordem de manter distância seria punido.

Os livros libertam o imaginário, alimentam a criatividade, trazem força para o cansado, coragem para o abatido.


Demétrius e Terrívius eram os dois conselheiros do rei. Eram prepotentes e puniam todos que contrariavam suas ideias. Ninguém ousava desafiar o grande Apolo, até o dia em que Petrus o fez ao libertar um rapaz que estava indo para a punição. Seu pai detestava ser confrontado e aquele ato marcou o início de uma série de graves problemas. O garoto queria ser livre e o pai queria controlar o mundo, essa relação não dará certo e como o poder está com Apolo, Petrus é quem sofre as consequências. Ele já era rejeitado pelo pai por não gostar de lutas, instruções militares e treinamentos, e por ele questionar as injustiças do reino.

Quatro anos se passaram e as afrontas continuavam entre pai e filho até que Apolo atribuiu essa rebeldia à convivência com Malthus e condenou o pobre educador para a prisão perpétua em uma caverna. Petrus ficou mais indignado e proferiu algumas verdades que eram consideradas dignas de punição e assim fez o rei. Condenou Petrus, o próprio filho, à Máscara da Humilhação. Somente os delinquentes usavam esta máscara, e este ato foi motivo de surpresa entre os presentes. O garoto defendeu todo povo que era submisso ao rei, defendia a igualdade social. 

A máscara era de ferro e comprimia o rosto provocando tanta dor que impedia o sono. A condenação era de um mês, mas poucas pessoas conseguiram suportar até o fim e após retirar elas enlouqueciam. Será que Petrus, com apenas 17 anos conseguirá sobreviver? Ainda teria os punhos acorrentados e seria arrastado pelas ruas. Era um cortejo para que todos vissem o que acontecia a quem desobedecia ao poderoso rei Apolo...

Quando o poder prevalece sobre o amor, a vida não tem valor, e cada ser humano deixa de ser único e se torna um objeto descartável na sociedade.



Era conhecido por Petrus Logus e o irmão por Lexus Magníficus, pois no dia da sucessão o rei Apolo fez um batismo dando-lhe um segundo nome de acordo com a resposta de uma pergunta que o rei fizera. Este nome os representavam. Achei uma das melhores partes da leitura e também me fiz a mesma pergunta. Conforme a resposta atribuí um novo nome junto ao meu primeiro. Monyque Esperançus. Não vou dizer qual foi a pergunta porque ela determina o destino dos jovens príncipes, nem posso contar mais a respeito da história, pois acabaria dando spoilers. Mas gente que livro incrível! Todos vocês precisam ler. Ele fala sobre a importância dos livros e da leitura para o nosso crescimento. Como as pessoas que não têm acesso a eles são ignorantes. Como Petrus é apaixonado pelo mundo das ideias e não abre mão desse sonho mesmo sob punição. E não era apenas um desejo de ler livros que Petrus Logus tinha, na verdade ele tinha um dom e precisa aprender a usá-lo.


Um dia você encontrará uma poderosa fera. Ou você a domesticará, ou ela o devorará. Não haverá dois vencedores. 



Sobre o autor:

Augusto Jorge Cury é médico, psiquiatra, psicoterapeuta e escritor. Seus livros já venderam mais de 16 milhões de exemplares somente no Brasil, tendo sido publicados em mais de 60 países. É reconhecido pela sua teoria da inteligência multifocal, resultado de 17 anos de dedicação à pesquisa.

14 comentários:

  1. Amo Augusto Cury, já quero ler esse.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  2. Gosto do trabalho de Augusto Jorge Cury. Ler seu trabalho carrega nossa imaginação como vagar.
    Obrigado por revisar este livro.

    Saudações da Indonésia

    ResponderExcluir
  3. Por acaso não conhecíamos o livro
    Beijinhos 😊 , Damsel.me-Clique Aqui

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada esse autor, mas sua resenha me encheu de curiosidade. Qual será o destino o nosso protagonista? Lembrei do filme "O Homem da Máscara de Ferro"! A sociedade medieval passou duas vezes pela fila da crueldade, viu.

    Beijos!
    Neila Bahia ♥️
    neilabahia.com | Instagram | Pinterest 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, é uma aventura muito instigante :D Ah ainda não assisti o filme, mas já anotei a dica, obrigada :D
      Beijos

      Excluir
  5. Deve ser incrível esse livro, sou fã do Augusto Cury e já assisti uma palestra com ele.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que legal, também já assisti palestra dele, incrível :D
      Beijos

      Excluir
  6. não sou fã do gênero, mas acho que daria uma chance porque gostei da resenha

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser incrível, além de ser ideal para todos lerem nesse isolamento social. Aprender com os personagens e com o que eles viveram.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir