SOLO RASO

Pedro era arqueólogo e quando sua filha nasceu decidiu que ia trabalhar apenas em laboratório pra poder passar mais tempo com ela e a esposa. Mas depois de um tempo começou a sentir falta do trabalho de campo, e após um incidente ele foi transferido para outro estado, para uma nova experiência. 

No fundo Pedro gostava de estar no campo, coletar materiais diretamente no local, coleta externa. Foi para uma ilha paradisíaca, era quase uma grande floresta, havia pequenas vilas rodeadas por matas.

Havia uma mineradora e uma construtora que queriam desmanchar a ilha, iam aterrar os mangues para a mineradora ter mais área para o porto que já existia na ilha e a construtora teria mais áreas para faturar. E Pedro estava lá em busca de artefatos arqueológicos que tivessem algum interesse.


Assim como o arado que, para o bem da população, que precisa de comida no prato, era a tristeza do solo que sangrava sem proteção


As pessoas que moravam na ilha eram estranhas ou aparentavam loucura, falavam que a ilha era macabra, que muita gente sumia sem explicação e a maioria eram mulheres, mães. Pedro ouviu até que ali já foi cenário de guerra, mas como? Em solo brasileiro? Achou aquilo no mínimo curioso e passou a observar mais, fez amizade com Eugênia que trabalhava na mesma firma que ele e ambos conheceram Lucius, conhecido por todos como padre, pois era quem cuidava da igreja e quem alimentava a fé daquele povo que ficou triste e desiludido com tantos acontecimentos ruins.

Constantemente haviam explosões na ilha e todos já estavam acostumados, mas os novatos não. O que surpreendia o arqueólogo era o fato de ninguém se importar com nada, muito menos com os desaparecidos, era como se fosse normal os filhos ficarem sem mãe e a terra explodir.

"O que era pra ser uma rotina de trabalho tranquila logo se revela numa teia de segredos"

E os sumiços continuavam, as explosões ficaram mais intensas, então Pedro e Eugênia não podiam ficar alheios àquela situação e resolveram buscar respostas. Dentro da floresta. E eles se deparam com coisas inimagináveis, repugnantes e o preço por se envolverem com o desconhecido é alto e pode custar a própria vida.

Uma teia de segredos, mistério, e eles ficam cada vez mais focados no assunto, acham um objeto no solo que pode trazer as respostas que procuram, mas como trazer a verdade à tona sem correr mais perigo? Pedro pensa na família, que não faz ideia do que ele está vivendo naquele lugar.

Ninguém se atrevia a entrar na floresta, quem entrava não retornava, os que voltavam era por puro milagre. Pedro seria demitido por estar se envolvendo com algo além do seu trabalho e por afetar a destruição da ilha...

Ali eles aceitaram que talvez a floresta fosse o inferno explosivo. Explosões aconteciam pelas matas, todos temiam...

Parece que a floresta as chamava. O som das folhas, o som de cada pau de árvore, o ranger e o atrito deles era uma música que os atraía para dentro da floresta.  

Solo Raso é uma leitura necessária para que possamos nos tornar seres humanos melhores, que compreende a importância da natureza e das outras pessoas ao nosso redor. Traz uma reflexão sobre quem somos e onde queremos chegar, nos ensina a ser solidário e buscar ser correto independente das consequências. A leitura é fluida, os personagens são cativantes e a narrativa prende o leitor do início ao fim.


A dureza da ilha e seu clima criavam pessoas fortes. Os que olhavam a situação de fora poderiam dizer que eram frias, mas as lutas as transformavam em heroínas reais.




13 comentários:

  1. Pela resenha oferecida, imagino ser um livro muito interessante de assistir ... com as pipocas ao lado
    .
    Cumprimentos poéticos
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Não conhecia esse livro mas parece ser interessantíssimo, vou deixar anotado para ler futuramente.

    Beijinhos!!
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Confesso que já tinha ouvido falar do livro e ele está nas minhas listas de leitura. Adorei saber a sua opinião sobre ele por aqui e fiquei com mais vontade ainda de ler.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  4. Very interesting post! 👏👏👏 Thanks for sharing! 🌈🌈🌈

    ResponderExcluir
  5. nossa, me pareceu uma leitura muito interessante, adorei a resenha

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  6. Great post, great style :)

    Wanna follow each other? Let me know

    missunderstoodstyle.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Esse livro não fiquei muito interessada em ler. Boa semana.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena, espero que em um outro momento possa dar uma chance :)

      Excluir